Você tem azia? Evite esses 5 alimentos!

alimentos para emagrecer

Um assunto que dá dor de cabeça nas pessoas que sofrem de azia, má digestão e queimação (que são a mesma coisa) é o que comer e o que deixar de comer em seu dia a dia.

Bom, eu não gosto de falar sobre os alimentos que devem-se deixar de comer, pois penso que isso é algo que vai contra a liberdade das pessoas de comer aquilo que se quer.

Porém, existem 5 alimentos que ajudam a manter a azia sob controle e ajudam a manter os ácidos do estômago normais, evitando problemas como queimação e má digestão.

Alimento 1: Limão

Limão é um alimento milagroso quando falamos de azia. Má digestão e queimação nunca mais se você tomar meia xícara de suco de limão puro, aquecido no microondas, todos os dias pela manhã em jejum.

Ele irá equilibrar a falta de ácido no estômago, proporcionando o fim da azia de uma vez por todas.

Alimento 2: Alface

O alface é rico em diversas vitaminas, que ajudam a manter a saúde do estômago sempre em dia. Além disso, é rico em fibras, o que mantém a digestão sob controle.

Alimento 3: Óleo de coco

O óleo de coco é rico em gorduras saturadas, que contém vitamina B2 e B6, além de ser riquíssimo em minerais, o que ajuda na saciedade, evitando que a pessoa coma muito e tenha problemas de digestão.

alimentos pra emagrecer

Alimento 4: Peixes em geral

Os peixes são um dos alimentos mais saudáveis do mundo. Eles possuem diversos benefícios para a saúde, especialmente para quem sofre de azia. Além de suas propriedades incríveis como vitaminas e minerais, também são de fácil digestão e leves para seu estomago digerir enquanto você ainda não recuperou o equilíbrio dos ácidos estomacais.

Alimento 5: Couve

Os componentes da couve, quando chegam ao estomago, criam uma espécie de capa protetora natural para o estomago, mantendo você livre de incômodos como a azia.

Anúncios

Mudando sua visão sobre alimentação saudável

alimentos de qualidade natural

Muitas pessoas tem em mente o seguinte conceito quando falamos em alimentação saudável: devemos comer menos e mais vezes ao dia. Devemos comer alimentos integrais, como pão, macarrão e arroz integral. Devemos cortar totalmente as gorduras e comer apenas carnes magras, como peito de frango, grelhadas.

Além disso, devemos comer grãos em abundância, como soja, milho e grão de bico.

Você já ouviu falar nesses conselhos? Ou pior, você acredita que tudo isso que eu citei aqui acima é real?

Então você precisa ler este artigo e mudar urgente seu conceito de alimentação saudável.

A verdade é uma só: alimentação verdadeiramente saudável se dá por meio de alimentos e não de produtos alimentícios. Todo alimento disponível pela natureza, seja plantas ou seres vivos, desde muitos anos atrás pode ser consumido e considerado como algo natural e saudável.

Exemplos: batatas, mandioca, batata doce, inhame, raízes, vegetais, legumes, folhas, frutas, castanhas e nozes, carnes, leite, ovos, manteiga, peixes, frutos do mar e diversos outros exemplos.

Nessa lista, NÃO CONSTAM alimentos como trigo, soja, milho e outros grãos, que são invenções dos seres humanos e foram geneticamente alterados, sendo extremamente tóxicos para o corpo humano.

alimentos com baixo indice glicemico

E veja que eu citei, na lista acima, carnes, ovos e manteiga. É isso mesmo, gordura natural! Coma os ovos inteiros sem medo, tão como carnes gordurosas e a manteiga sem receio do que pode acontecer.

Gordura natural e de qualidade faz BEM e só tem a agregar na sua vida.

Os legumes, vegetais, folhas e raízes vem a agregar na sua vida nutrientes, vitaminas e minerais essenciais para todo o funcionamento do corpo humano com qualidade.

Diferentemente dos pães, massas, bolos, grãos, feijões, entre outros, que pouco tem a agregar a saúde humana e só fazem aumentar os níveis de glicose no sangue.

Coma apenas comida de verdade e não produtos alimentícios!

Motivos para não tomar omeprazol que seu médico receitou

maxresdefault

Um dos remédios mais comuns de serem receitados pelos médicos sempre que dizemos estar com qualquer tipo de dorzinha no estômago e velho conhecido de toda a população brasileira é o omeprazol.

O remédio, de embalagem roxa, é comum na vida dos brasileiros e estima-se que 1 a cada 3 brasileiros adultos faça uso ou já tenha feito de omeprazol.

Esse remédio, queridinho dos doutores, levanta suspeitas quanto a sua eficácia, principalmente para quem sofre de problemas como azia, queimação e má digestão.

Fato é que este remédio é lucro para as industrias farmacêuticas que, em um pacto junto ao governo brasileiro, continua forçando o uso de omeprazol para as pessoas, obrigando-as a tomar isso e continuar colocando dinheiro no bolso da industria.

Imagine o quanto de omeprazol não é consumido todo ano no Brasil. Agora imagine o quanto de dinheiro não vai parar no bolso das indústrias que fazem esse comprimido. Imagine o quanto nosso governo desvia dos pagamentos deste tipo de remédio em forma de corrupção. Agora, imagine quem paga por tudo isso… eu, você, nós.

Além de pagarmos com dinheiro, pagamos com a integridade de nossa saúde, que é ameaçada pelo uso deste remédio ridículo.

omeprazol-destaque

Falando em azia, propriamente dita, o omeprazol apenas alcaliniza o estomago e alivia a queimação do esôfago, que é tratar o sintoma do problema e não a causa.

Então, momentaneamente ele pode até funcionar, mas não irá solucionar o problema da azia para sempre, pois azia não é excesso de ácido no estômago, mas sim a FALTA do ácido sulfúrico no estômago, sendo assim o omeprazol a solução completamente inversa do que precisamos.

Precisamos é suplementar os ácidos do estômago através do suco de limão ou de outras substâncias que façam o mesmo processo dentro do corpo humano.

4 passos para uma vida saudável

Como fazer jejum intermitente

Um dos maiores desafios das pessoas em meio a rotina corrida do mundo moderno é conseguir manter uma alimentação saudável, que ajude a manter a boa forma e otimizar a saúde em geral.

A maioria das pessoas, em meio a correria, acaba aderindo aos famosos fastfoods onde conseguem uma refeição saborosa rapidamente, porém nem um pouco saudável e nutritiva.

A curto prazo, parece uma ótima estratégia, pois a pessoa sente que está economizando tempo e ganhando agilidade.

A longo prazo, na verdade, é que a pessoa sente as consequências de ter deteriorado sua saúde com este tipo de alimentação e ter engordado.

Por isso, vou deixar aqui embaixo 2 dicas para uma alimentação saudável que são simples e que podem ser aplicadas no dia a dia corrido sem problemas.

Dica 1 – Coma em restaurantes

A primeira dica que tenho a lhe dar é simples: ao invés de recorrer a lanchonetes e fastfoods vá fazer suas refeições em restaurantes, que sirvam uma variada opção de comidas de verdade, como arroz, feijão, salada, carnes, entre outros.

Assim, você evita o contato com lanches e outras porcarias e acaba fazendo uma refeição balanceada e de qualidade.

Carboidratos de baixo índice glicêmico são ótimos para emagrecer

Dica 2 – Diversifique seu prato

Sempre diversifique aquilo que você irá comer. No restaurante, deixe de lado coisas como batata frita, lasanha e frituras.

Coma bastante salada, opções saudáveis de carne, arroz, feijão, mandioca, legumes, batata, entre outros.

Repare no seu prato, verifique se nele há diversidade e certifique-se de estar comendo diversos alimentos diferentes que compõe um prato saudável e nutritivo.

Gostou das dicas?

Bom essas foram as dicas de hoje, espero que você goste e aplique elas no dia a dia, pois o melhor seguro de vida que podemos fazer é cuidar da nossa própria saúde, ela é nosso bem mais precioso e merece atenção.

Um dos fatores mais importantes para uma vida verdadeiramente saudável é a qualidade do nosso sono, pois é dormindo que repomos nossas energias, descansamos nossos músculos e otimizamos os processos do nosso organismo.

Além disso, é no sono que o cérebro mais trabalha, regulando tudo que está a seu alcance.

Benefícios Dos Exercícios Físicos

Por isso, é essencial ter um sono de qualidade.

Então, vou deixar aqui abaixo algumas dicas práticas para que você tenha um sono melhor, mais profundo e de qualidade.

Sem eletrônicos: Pelo menos 1 hora antes de dormir, esqueça eletrônicos como celulares, tablets, Tvs, computadores e afins. Desligue tudo. Aproveite este momento para ler, conversar com seus familiares ou fazer alguma outra coisa que não envolva telas.

Quarto escuro: Ter um quarto sem incidência de claridade é uma ótima dica para ter uma boa noite de sono zen, pois cria um ambiente propicio ao bom sono.

Autohipnose: Antes de deitar na cama, sente-se na beirada, pense em um relógio analógico com as horas passando, do momento que você vai dormir até a hora de acordar. Concentre-se apenas na imagem do relógio. Quando o ponteiro atingir a hora de acordar, deite-se e durma suavemente.

Evite luz azul: Uma das melhores dicas é a de evitar luz azul no período da noite. Para isso, alguns apps de computador e celular já possuem o bloqueador de luz. Também pode-se comprar um óculos laranja que bloqueia pixels azuis nas telas, vale a pena ver.

Alimentação: Mantenha uma alimentação saudável e evite alimentos pesados a noite. Coma uma saladinha, com carne e legumes.

Café: Beba café na parte da manhã, ao acordar. Evite café durante a tarde ou início da noite, pois com certeza a cafeína o manterá acordado ou seu sono será extremamente ruim.

E ai gostou destas dicas? Espero que sim! Compartilhe.

Quer mais informações sobre como ter uma vida saudável? Então visite o blog do médico Javier Ortiz em http://elblogdejavierortiz.wordpress.com/